“A obra já bastante divulgada e reconhecida deste atelier de Braga – sintomaticamente nomeado Topos – tem vindo a revelar, particularmente nas casas que constituem esta monografia, uma notável sensibilidade paisagística, de algum modo herdada da vertente antropológica revelada no inquérito à arquitectura popular dos anos 50 e, em parte, tocada pela melhor tradição da Escola do Porto.”

“São casas de óbvia e fascinante habitabilidade, duma arquitectura para ver e ser vista, para sentir; uma arquitectura para caminhar e medir, mas que se constitui ela própria como medida referencial na paisagem.”

“Uma arquitectura sobretudo para o uso e para o afecto, para a plenitude que se constrói em contacto com a terra e na qual, à presença discreta das funções, se sobrepõe a dimensão normal da vida.” – Gonçalo Byrne

Autor(es): Jean Pierre Porcher, Margarida Oliveira, Albino Freitas
Ano: 2009
Páginas: 172
Idioma(s): Português / Inglês / Espanhol
Dimensões: 260 mm x 260 mm
Edição: Papiro Editora
PVP: 25,00 €

Veja como adquirir aqui.